“Literatura e política: certezas e equívocos” – Ensaio do escritor angolano João Melo

"Literatura e política: certezas e equívocos" - Ensaio do escritor angolano João Melo "Em geral, os defensores da arte apolítica ou os que dizem não gostar de ideologias costumam, na vida real, ser condescendentes, no mínimo, com as forças políticas conservadoras e até fascistas. Mas muitas vezes é simples equívoco."

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑